POLITICA NOTICIA

Se equilibrar o sistema, não precisa aumentar passagem de ônibus, afirma vereador

Na iminência do aumento da passagem de ônibus, o vereador e presidente do Sindicato dos Rodoviários, Hélio Ferreira (PCdoB), acredita que se mais pessoas foram incluídas no transporte público, os reajustes anuais podem deixar de acontecer.

Ele explica que a maioria da população de Salvador não utiliza o modal, ou porquê não tem condições de pagar a passagem ou por possuírem veículo próprio. O vereador indica que se parte dessas pessoas passarem a utilizar ônibus para se locomoverem, por meio das chamadas tarifas sociais -quando o poder público subsidia o valor da tarifa para quem não pode pagar – o problema pode ser resolvido. Para ele, o asssunto é um “problema social” que precisa ser resolvido.

“Temos hoje 32% da população que não anda de transporte público. Se a gente colocar essas pessoas dentro do modal esse problema pode ser sanado. Mais da metade da população não anda de ônibus. Os outros 30% tem transporte próprio. Se a gente colocar metade desses 32%, a gente equilibra o sistema e não precisa ter aumento de tarifa. É apenas ter uma visão social em torno do transporte público”, garante Hélio.

Durante evento na manhã desta terça-feira (03),o prefeito ACM Neto informou que pode anunciar o aumento da passagem ainda hoje. A tarifa de aumentar 20 centavos, passando dos atuais R$ 4 para R$ 4,20.