Zé Roberto diz que histórico de treinos e jogadas ajudarão no Dança dos Famosos

Zé Roberto, 46, vai entrar em um campo muito diferente do que está acostumado. O ex-jogador vai ser a única estrela do esporte nesta temporada do Dança dos Famosos 2020, mas diz que sua experiência no futebol vai ajudar na disputa. "No futebol temos que ensaiar jogadas para surpreender os adversários, e é preciso muito treino para que ela saia da maneira correta no momento da partida", comparou. "Acho que existe essa relação com a dança. A gente precisa estar muito bem ensaiado para que saia da maneira certa, na hora do 'vamos ver'." O ex-Palmeiras contou que nunca fez aulas, mas costuma dançar quando a vida deixa. "Eu apenas danço em festas, por puro lazer", afirmou. No entanto, está tentando se preparar como pode para o novo desafio. "Atualmente, tenho treinado musculação e aumentei um pouco os exercícios cardiorrespiratórios, como corrida e bicicleta, para ficar um pouco mais leve e com mais resistência", comentou. Zé Roberto foi convidado pela primeira vez para o quadro e diz que não teve certeza de como responder. "Confesso que hesitei um pouco", afirmou. "Mas, depois de analisar bem e entender que seria um desafio novo para a minha vida, resolvi aceitar." Conhecedor do quadro, ele diz aguardar com muita ansiedade a própria estreia no quadro. Por outro lado, está preocupado com a sequência de passos que terá que executar ao lado da bailarina Gabriela Baltazar. "Meu maior medo é errar a coreografia no momento de me apresentar ao público", revelou. "A insegurança é natural, por ser algo que eu ainda não domino." Mesmo assim, ele diz que entra no jogo como se estivesse numa final de campeonato. "Como atleta de alto rendimento, sempre que entro em uma competição, é para ganhar", afirmou. "Quero me divertir, mas confesso que vou ficar frustrado se sair muito cedo."